A Ciência do Colágeno

05:00:00

 A Ciência do Colágeno

Acordo todos os dias e sigo a rotina dos cuidados com a pele. Afinal pele aos 30 é totalmente diferente da que tinha aos 15. Lavo o rosto, seco e aplico aquele creme com toda a justificativa científica de que minha pele ficará bem pelos próximos anos. Será mesmo que teremos ciência suficiente para aprimorar o tão querido e amado colágeno?
Esse breve questionamento me ocorreu minutos antes de sair de casa – munida de filtro solar FPS30 - com destino ao laboratório de uma universidade pública brasileira aonde faço doutorado. É um pensamento assustador!  Não só pelo fato dermatológico, mas será que faremos ciência com qualidade nos próximos anos? E as Tecnologias inovadoras para a saúde, educação e indústria? Não sei. Mas confesso que tão desanimador quanto descobrir uma ruga nova é descobrir que mais um mês terei que pagar do meu bolso para fazer ciência em nosso país.

No laboratório o colágeno é sempre lembrado, pois trabalho com as células que o sintetizam: os fibroblastos. Assim como nós elas acordam, crescem se multiplicam e morrem... e como é triste esse final. Sem fibroblastos... sem colágeno... e o que surgem são as rugas de preocupação, porque agora não sei quando poderei adquirir essas células. E ai começa a “fisiologia do exercício pró-colágeno” corre para o laboratório do amigo, do amigo do amigo e pergunta se tem. E ainda se pode emprestar!! E quando a resposta é não, o que nos resta é esperar. Desvalorização da ciência é um problema sério no país, não há investimentos, apenas cortes. Até nossos salários (salário = bolsa de pesquisa, sem direito a aposentadoria) estão ameaçados! E agora Maria? É mais uma, duas e tantas outras rugas de preocupação que surgem.

Ao final do expediente retorno para casa com novas rugas e sem acreditar que todos os cremes tenham qualquer efeito sobre elas. Acho que será preciso mais ciência para o colágeno ou, simplesmente, mais investimentos no lugar certo para reduzir as rugas, ao menos as minhas.
Crônica de Segunda - colagen and fibroblast
Rachel Wood, pesquisadora PhD em Engenharia Biomédica realiza estudos de co-cultura de fibroblastos olfatórios aplicada a injúria de medula espinal

-----Crônica de Segunda -----

São textos curtos escritos por mim {Janine França} que retratam algum momento da minha semana. Sempre que possível trarei casos relacionados a rotina de bióloga, uma forma de estimular as mulheres a fazerem ciência com qualidade.

You Might Also Like

0 comentários

Like us on Facebook

TRANSLATE