Roteiro de Viagem - Olinda, Macéio e Recife




Para mudar os ares viajar é sempre uma ótima escolha e quando ela vem aliada de um motivo e de boa companhia então, é A perfeita escolha. Meu aniversário de casamento caiu justamente na Semana Santa então foram dias de descanso próximo de casa, porque segunda a jornada de trabalho continuava, logo escolhemos viajar até Maceió com pontos de parada na ida e na volta.

A primeira parada foi em Olinda – PE uma cidade histórica que conhecia apenas de passagem, por isso mesmo decidimos conhecer melhor o que há para ser oferecido. Escolhi o Costeiro Hotel pelo “decolar.com” (recomendo o site para procurar hotéis e pousadas o atendimento é ótimo e nos acompanhou por toda a viagem)  fica situado em frente ao mar, mas preciso dizer que a receptividade ao turista deixou a desejar, não há auxílio com as bagagens e trocaram meu quarto triplo, por um duplo, alegando que estávamos em casal e que o valor da diária era o mesmo(em que Brasil isso existe?!). O quarto era confortável para passar uma noite, nada de longas estadias.

A nossa chegada foi no final da tarde então caminhar pela cidade não era recomendado, apenas de carro ou táxi. Jantamos próximo a praça da Faculdade de Olinda, porque era o local mais movimentado. Somente no dia seguinte é que fomos conhecer o centro histórico, assim que chegamos notei que existiam guias turísticos com camiseta azul turquesa. Não utilizei desse tipo de serviço para me guiar, apenas fui perguntando aos locais eles são muito prestativos e informam além do que você perguntou (dados da cidade, ano de fundação, estrutura das igrejas, etc. etc. etc.), recomendo conhecer a Sé, a casa do Alceu Valença, os quatro cantos, o local onde ficam os bonecos de Olinda, as várias igrejas, se você tiver tempo, e claro subir a ladeira da misericórdia (se você não subir, não foi a Olinda!). Vou ser sincera e dura nesse comentário, é um absurdo uma cidade possuir uma riqueza histórica dessas e não possuir estagiários do curso de história da UFPE trabalhando como guias dentro das igrejas, você simplesmente é obrigado a pagar um guia local para entrar em determinados locais ,e somente ,com ele?! Como assim Bial?! É um Patrimônio Histórico Mundial e eu só posso conhecer se pagar a um guia,vejam bem, não é uma taxa simbólica para manutenção do patrimônio, é pagar uma pessoa que se interessou pelo assunto e viu que era uma  oportunidade de lucrar.

Seguimos para Maceió ficamos hospedados no Meridiano Hotel na Praia de Pajuçara. A escolha foi muito influenciada pela localização: Pajuçara é onde tudo acontece em Maceió são as piscinas naturais, o calçadão, as tapiocas recheadas. O serviço do hotel é maravilhoso, contudo tenho que dizer que achei estranho demais encontrar formigas e mosquitos no quarto para um hotel daquele naipe, dedetização onde está você? 

Para comer bem os melhores restaurantes e quiosques estão em Ponta Verde que é do ladinho de Pajuçara, a orla é super tranqüila com policiais e muito movimentada o dia todo. Adorei a sorveteria italiana Don Freddo, recomendo uma passadinha para se refrescar do calorão. A feira de artesanato também é uma boa para comprar saídas de praia, estava precisando de uma bolsa e foi lá mesmo que comprei. Passeio que fiz foi para as Piscinas Naturais (Corais) de Pajuçara o custo da jangada é R$25 por pessoa, tabelado, e minha impressão foi de profunda estranheza com aquilo, em plena sexta-feira santa tocava um barulho lá que não rolou...os barcos de restaurante deixavam a água mais turva  e oleosa do que Rio Tietê, me pergunto onde estão os órgãos de fiscalização ambiental, a integridade da imagem que tinha de Pajuçara ficou bem diferente. Praia do Francês e Maragogi perderam seu encanto, está super lotada muita gente, muito barulho, mas o mar continua divino! Translúcido, limpo e de água quente.  

Última parada desse feriado foi Recife, seguindo pela PE-60, ficamos hospedados em um “projeto” de Hotel Infinity Boa Viagem, gente que serviço horrível o Hotel deveria ser interditado de tanto mofo que tinha no quarto, o ar-condicionado parecia que não via manutenção a tempos e o banheiro (prefiro não comentar). À noite fomos para o Shopping Recife que fica a 10 minutos de carro e na volta fomos a feirinha da Boa Viagem e tomar uma água nos quiosques que ficam no calçadão. Passamos apenas uma noite e seguimos para Natal na manhã seguinte.

Janine França

2 comentários :

  1. Adorei as dicaas!!!Que deicia de viagem!!!
    beijos
    Ma Amorim - Blog Tips and Trends
    http://blogtipsandtrends.blogspot.com
    Instagram: @maamorim2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ma!
      Se tiveres algum roteiro de viagem e queira compartilhar conosco será maravilhoso
      bjs

      Excluir